toda noite
quando a águia
vai descansar
sua insaciedade

e dar
trégua
ao fígado
rudemente
demolido

Prometeu sonha
com o dia
em que
terá fim
sua agonia

(aquele dia
em que os deuses
finalmente
satisfeitos suspendam
sua pena

e transformem
a águia (transfigurada –
a possessão de uma Erínia
encarnada) : desde antes
sua companheira : amiga
para os dias de caçada
na selva
que a vida
sempre
(tomara-a-deus)
saberá
ser

: é melhor dor
de-vez
em-quando

e um dia a morte

do que a pouca
e mouca
sorte

de viver
a vida em falso
(nossa des
aparessência)

:

bem sabe Prometeu
que essa liberdade está
a meio nada
de ser verdade)

 

 

.

Anúncios