a vida
que tanto se repete
(até o ponto em que se
desgasta)
às vezes se torna comicamente leve
às vezes se torna dramaticamente
pesada

pesada
a vida fica
de cara amarrada
e obriga
quando muito
a uma felicidade falsa
(hypo krisis
descarada)

leve
toma ares
de tristeza deslavada
(a sujeira manuelina
no brim da barra
da calça
deixa de ser mancha
– vira estampa –
enfeita o que nos veste
mostra o que nos marca)

 

 

.

Anúncios