o amor

quando

se põe

a nos

consumir

 

o amor

quando

nos seduz

 

na mais

deliciosa

miragem

o amor

quando

nos toma

a vista

e o horizonte

 

o amor

quando

nos deduz

 

da mais

infante

imagem

o amor

quando

nos devolve

a nosso

desejo

 

o amor

quando

nos reduz

 

à mais

furiosa

vertigem

Anúncios